Você sabe quem é Brian Deese? Eu não tinha a menor ideia até segunda-feira, quando li um artigo muito desconcertante do New York Times intitulado: “O homem de 31 anos encarregado de desmantelar a GM.” Bem, Brian Deese é de fato o funcionário de 31 anos do presidente Obama mencionado no artigo acima mencionado, e que também é o principal influenciador / impulsionador por trás das decisões políticas que agora orientam a GM. Normalmente, é aqui que meu falecido sogro teria dito: “não é de admirar que os russos estejam à frente”.

Quando você lê o currículo do Sr. Deese, fica claro que ele é um jovem brilhante. Fica claro também que ele certamente não possui experiência de nível executivo no setor manufatureiro, muito menos na indústria automobilística. Ainda mais assustador é que ele nunca teve um emprego no setor privado de qualquer consequência. O Sr. Deese é, por qualquer análise justa, nada mais do que um funcionário de campanha muito jovem e muito inexperiente que agora se encontra em cima de sua cabeça (veja um post anterior intitulado: “Operando fora da competência“).

Independentemente de quão brilhante e talentoso o Sr. Deese possa ser, existem alguns desafios e obstáculos que ele enfrentará pela primeira vez que executivos mais experientes encontraram várias vezes ao longo de suas carreiras. Indivíduos que operam fora dos limites experienciais encontram frustração, se não fracasso, por terem o que parecem ser grandes ideias eventualmente desfeitas por fatores imprevistos que foram apenas imprevistos para eles devido à sua inexperiência ou falta de discernimento. Não importa que o Sr. Deese tenha uma educação da Ivy League, ou que ele tenha trabalhado em algumas campanhas políticas... ele ainda está navegando em território desconhecido que é perigoso até mesmo para os oficiais operacionais mais experientes.

Resumindo... se isso é o melhor que nosso governo tem a oferecer aos acionistas da GM e ao público americano (oops... eu esqueci que estamos no mesmo agora), então eu diria que isso é apenas um sinal de coisas mais sinistras vir…