Um dos prazeres ocultos de ser um sobrevivente de longo prazo da vida empreendedora é que você tem o luxo de ser convidado a participar de qualquer número de entrevistas, grupos focais, pesquisas, etc. Recentemente, fui convidado a participar de um inquérito composto por 20 questões colocadas a um grupo de 50 empresários. O objetivo da pesquisa foi buscar traços comuns possuídos por empreendedores de sucesso. Para aqueles de vocês que são leitores assíduos do Blog N2Growth Achei que você gostaria de ter a oportunidade de olhar dentro da mente de seu autor. Seguem-se as perguntas que me foram colocadas e as minhas respostas correspondentes…

P: O que você come no café da manhã?
UMA:
 Eu só tomo café da manhã se eu tiver uma reunião marcada para o café da manhã, caso contrário, eu pulo.

P: Qual era o seu apelido no ensino médio?
UMA:
 Na verdade, eu tive alguns dos quais eu cresci e nenhum que eu gostaria de admitir…

P: Qual foi seu primeiro emprego?
UMA:
No verão do meu ano da 5ª série eu colhia morangos de manhã e partia lenha à tarde.

Q: Com que frequência fazer exercício?
UMA:
Faço um esforço para me exercitar diariamente. Em um bom dia, corro e, quando pressionado pelo tempo, me contento com algumas flexões, flexões, flexões e chutes. Isso me permite queimar o estresse e ter algum tempo sozinho para pensar…

P: Quem foi seu mentor?
UMA:
Eu não tive um único mentor, mas tive o benefício de receber ajuda e orientação de muitas pessoas extremamente talentosas ao longo dos anos. A pessoa mais responsável por moldar como penso hoje é claramente minha esposa e eu não seria o homem que sou hoje sem seu amor e apoio.

P: Quantas horas por dia você lê?
UMA:
3 a 4 horas todos os dias. A leitura é uma paixão minha e consumo o máximo de informação possível. A maior parte da minha leitura é feita pela Internet hoje em dia, mas ainda leio alguns dos principais periódicos também…

P: O que te motiva?
UMA:
Sempre fui motivado por ajudar os outros a atingir suas metas e objetivos. Algum sucesso Eu tive veio de ajudar os outros a alcançar seu próprio sucesso ...

P: O que é mais importante: a ideia ou a execução?
UMA:
Grandes ideias são um luxo, certeza de execução é uma necessidade. A melhor ideia do mundo sem uma implementação bem-sucedida é totalmente inútil…

P: Pior dia da sua vida?
UMA:
Deitado em uma cama de hospital depois de um derrame, não sendo capaz de me lembrar de certas coisas do meu passado. Dito isto, sempre que atingi um ponto baixo em minha vida, sempre acabou definindo ou redefinindo o momento para fazer as principais mudanças necessárias.

P: Você reza?
UMA:
Eu rezo todos os dias e muitas vezes várias vezes ao longo do dia.

P: Qual foi o seu maior erro?
UMA:
Eu sou um grande crente de que o sucesso nasce das lições aprendidas através do fracasso ou quase fracasso. Eu tive vários fracassos ao longo dos anos e aqueles que dizem que não experimentaram o fracasso estão sendo menos do que sinceros. Meus maiores e mais dolorosos fracassos ocorreram mais cedo na vida, sempre que escolhi tomar decisões fora do meu sistema de valores.

P: Pior ideia de negócio que você já ouviu?
UMA:
Eu vejo cerca de 40 planos de negócios por semana e, infelizmente, a maioria deles é mal concebida em algum nível, mas o pior de todos os tempos foi claramente o banheiro sem atrito.

P: O que você não vive sem?
UMA:
Embora possa servir como uma frase de efeito para alguns, sem dúvida minha fé e minha família são coisas sem as quais eu não poderia viver.

P: Qual é a sua maneira favorita de relaxar?
UMA:
Correr seguido de perto por dormir.

P: Qual é a melhor parte de ser o chefe?
UMA:
Tomar decisões difíceis e vê-las jogar.

P: O que é sucesso para você?
UMA:
Vivendo minha fé, fazendo minha esposa sorrir, vendo meus filhos tomarem grandes decisões e ajudando os clientes a alcançar seus objetivos.

P: Qual é o melhor conselho de investimento que você já ouviu?
UMA:
Primeiro, entenda a sabedoria convencional e então avalie cuidadosamente onde ela está errada e então “arbitragem” a diferença. As melhores oportunidades se apresentam por meio de lacunas de mercado exploradas por meio da inovação. Não siga o resto, mas sim trace seu próprio curso.

P: Existe algum motivo para obter um MBA?
UMA:
A educação é um esforço ao longo da vida e não deve terminar com uma pós-graduação. Se você tiver tempo para um MBA, certamente não fará mal, mas claramente não é um pré-requisito para o sucesso.

P: Se você pudesse ser qualquer outra coisa, o que seria?
UMA:
Eu não escolheria ser outra coisa senão o que sou. Sinto-me abençoado por estar na posição em que estou e você não poderia me pagar o suficiente para mudar... No entanto, se forçado a dar algum tipo de resposta, eu seria um professor do ensino médio.

P: Qual é o seu conselho para os jovens empreendedores?
UMA:
Do lado dos negócios: crie seu negócio em torno de algo pelo qual você é apaixonado, construa uma vantagem competitiva e leve essa vantagem ao extremo. No quadro geral: Lembre-se de que seu negócio não é quem você é, mas simplesmente o que você faz... Não sacrifique sua família ou seus valores em busca do sucesso econômico.