Um verdadeiro herói... eles existem de fato. Mas caso você tenha esquecido como é um verdadeiro herói, ou se seus sentidos foram entorpecidos pelo fascínio da mídia pelo culto às celebridades, então eu sugiro que você dê uma olhada Chesley B. “Sully” Sullenberger III.

O capitão do voo 1549 da US Airways é sem dúvida um verdadeiro herói. Seu comportamento calmo, excelentes habilidades de decisão e comando de seu comércio salvaram 155 vidas quando ele abandonou com sucesso seu avião no rio Hudson.

No entanto, talvez seja seu natureza humilde, personalidade despretensiosa e sua modéstia que o tornaram mais querido do público americano. Na verdade, quanto mais descobrimos sobre ele, mais gostamos dele. Não é o fato de que a mídia saltou sobre esta história que me surpreende, mas é o fato de que ele parece estar recebendo mais atenção a cada dia que é incomum. “Heróis de verdade” são pessoas maravilhosas dignas de celebração e, na minha opinião, Sully merece tudo de bom que vem em seu caminho…

Posso dizer que eu, pelo menos, achei realmente revigorante ter a mídia focada em um herói real, em oposição aos ícones sociais tão chatos (atletas, artistas de gravação, estrelas de cinema, políticos, os super-ricos e outros pseudo -celebridades) que muitas vezes são forçados a nós enquanto somos retratados como heróis quando eles claramente não são. Será “Sully” finalmente o indivíduo que traz nossa nação de volta aos seus sentidos em relação ao que realmente constitui um herói americano? Só se pode esperar…

Minha vida não seria afetada negativamente se eu nunca ouvisse falar, ou visse algo novamente de nomes como Madonna, Sean Penn, Charlie Sheen, Rosie O'Donnell, etc. Se a mídia quiser ajudar a restaurar nossa nação em vez de contribuir para seu declínio, minha sugestão seria que eles gastassem mais tempo com os verdadeiros heróis americanos... soldados, bombeiros, policiais, educadores de princípios, médicos, pais responsáveis, estudantes empreendedores, voluntários, bons samaritanos e os trabalhadores diários americanos.